Por que você tem um blog?

large (1)Os blogs agora são empresas. Não acho ruim, quem não quer trabalhar naquilo que gosta ? Porém, no meio de tanta grana pecamos em buscar incansavelmente por retorno financeiro. Nesse processo muitos blogueiros perdem a originalidade e acaba pegando como padrão a seguir aquele famosinho na internet. Não nego que já pensei nisso, “poxa! acho que meu blog está incompleto por não ter look do dia, resenhas de produtos e tudo mais”. Não, não preciso copiar nada de ninguém, o bacana de ter blog é colocar você nele. O intuito dos blogs deveriam ser compartilhar experiências e encontrar aquela pessoa que se identifica com as coisas que você escreve. E essa troca é enriquecedora para ambos, não esqueçamos disso jamais. Fico triste quando os blogueiros não consegue interagir com seu público, incapazes de trata-los como pessoas.

Fazer posts virou negocio, compartilha tendências e marcas. “Escrever muito é coisa do passado se quiser ser visto não faça isso, a internet é casa de preguiçoso”.Não podemos escrever um textão? Engano seu, podemos sim. O internauta ama ler e não gasta um tempo para ler um texto de 6 parágrafos? Ele prefere ver fotos de ostentação da blogueira top. Não há nada de errado nisso mas essa blogueira não é melhor do que uma de layout simples que escreve textos enormes. Ter um blog de sucesso nem sempre quer dizer ter conteúdo bom e sim ser um expositor de marca. É um absurdo ver gente fazendo de tudo para aparecer e ganhar grana. Mas me diga qual marca vai pagar para quem não é perfeita?

Espero sinceramente que os blogs inteligentes não percam sua essência e sua empolgação, que todo dia eu possa me deparar com textos bem redigidos e que o retorno financeiro seja apenas consequência de um trabalho realmente bom.

Ontem conheci um projeto incrível da Beatriz Aguiar: “O projeto em si é para pessoas como nós, que gostamos de blog-ar apenas por amor, mas que esperamos também aquele comentário “muitcho amô” dos nossos colegas de blogosfera e daqueles que sabemos que leem o post todo hahaha, como nós fazemos quando visitamos um blog amigo. E que também retribuímos o carinho mesmo sem nada em troca, que gostamos de ler, saber sobre a vida, ler posts inspiradores.
O grupo é mais para blogs pessoais, daqueles cheios de amor que os autores falam sobre o que gostam, sem pensar apenas em $$ e fama.
Afinal, ostentação na blogosfera é o que mais tem.
Com esse grupo, quero resgatar o sentido que é blogar por amor, que deveria ser o principal incentivo. Mas também para conhecermos novas pessoas que carregam este mesmo sentimento e espalhar amor por aí! O grupo e o Projeto ‘Existe amô na blogosfera, sim’ é pra incentivar os blogs pessoais a não desistirem”.

Se você tem um blog e pensa como a gente, abrace esse projeto. Para saber mais o grupo no facebook é esse Aqui.